Templários

A Ordem do Templo de uma perspectiva histórica.

terça-feira, abril 12, 2005

Castelo de almourol

As raízes históricas da edificação do Castelo de Almourol apontam para o século II Antes de Cristo. O castelo terá sido erguido no local de um primitivo castro lusitano conquistado pelos romanos durante a ocupação da Península Ibérica. Posteriormente, foi ocupado pelos Alanos, Visigodos e Mouros.
A fortaleza de "Almorolan" (do árabe pedra alta) foi conquistada aos mouros no reinado de D. Afonso Henriques (1129) que a doou a Gualdim Pais, mestre da Ordem dos Templários, encarregue da defesa da zona do Tejo.
Entre 1160 e 1171, o Castelo de Almourol foi reedificado e terá sido várias vezes restaurado nos reinados seguintes. Esteve na posse dos Templários até 1311, num ponto vital de comunicação das províncias do Norte e do Alentejo com a capital, nomeadamente, no comércio de azeite, trigo, madeiras, carne de porco e frutas.Em escavações efectuadas no interior e no exterior foram encontrados vários vestígios da presença romana (moedas, uma inscrição numa coluna e restos de alicerces) e, naturalmente, do período medieval (medalhas, dois colunetes de mármore, etc...).

5 Comments:

At 9:59 da tarde, Blogger Ana de Sena & Miguel de Sena said...

É caso para afirmar alto e bom som:
FINALMENTE !!!...
Uma luz de Conhecimento sobre um tema tão oculto(ado), e portuguesa...
Os meus sinceros parabéns...

 
At 3:38 da manhã, Anonymous Culturas said...

Bom Trabalho.
Continua

 
At 10:31 da tarde, Blogger weeee said...

Parabens, pelo blog tambem sou um apaixonado pela Idade Media, continua o bom trabalho!

se ksieres visita http://arkeology.blogspot.com/

 
At 10:44 da manhã, Blogger Marcos Osorio said...

Não acredito muito na ocupação pré-romana do penhasco. Que materiais a comprovam?

 
At 11:08 da manhã, Blogger Templar said...

Os materiais já foram indicados no texto.
No entanto se quiser mais informações aconselho-o a dirigir- se a este site donde foi retirada a informação e pertence á DGEMN(Direcção Geral dos Edificios e Monumentos Nacionais):
http://www.monumentos.pt/scripts/zope.pcgi/ipa/pages/ficha_ipa?nipa=1420020001

 

Enviar um comentário

<< Home