Templários

A Ordem do Templo de uma perspectiva histórica.

segunda-feira, dezembro 11, 2006

Arquitectura Templaria-(estudo do caso francês)

As construções templárias são em si as de mais facila acessibilidade são facêis de ver,reconhecer e identificar.No entanto continuam a subsistir enganos nesta matéria : falta de evidencias e falhas na identificação são as mais comuns.Como exemplo temos a fortaleza de Gisors(França), que como provam documentos oficiais só foi confiada á guarda templária durante os poucos meses de disputa entre o rei da França e o rei de Inglaterra e o facto de ter ou não ter sido prisão-assim como muitas outras fortalezas e castelos de França- dos templários não poderá ser considerada como uma «fortaleza templaria».Outro caso será o de Gréoux, castelo na Provença, infelizmente e apesar das inúmeras lendas e ideias espalhadas no sec XIX, o castelo, no seu estado actual não poderá ser anterior ao sec XIV.

Lendas e ideias espalhadas no sec XIX levaram a grandes enganos em matéria arquitectónica ligada á Ordem do Templo, uma delas é a de que todas as igrejas templárias tenham uma forma redonda construída sobre uma planta central.Neste caso os trabalhos de Elie Lambert esclarecem esta ideia á qual Viollet le Duc deu certo peso no entanto provando-se que deu á ideia uma generalização abusiva.

Quando falarmos de arquitectura templária temos de ter em consciência os seus vários tipos: comendadorias ou granjas (expoente máximo no Ocidente); as construções militares (com expoente máximo no Outremer) e por fim as construções religiosas(espalhadas tanto a Ocidente como no Outremer) igrejas ou capelas. Para que estes estudos de uma arquitectura própria tenham validade é necessário um total recenseamento dos monumentos templários que subsistem no Ocidente e Outremer.

No caso francês só certas regiões tiveram um estudo aprofundado caso da Provença, Charente, Coulommiers e o Franco-Condado.

No caso português e espanhol só á muito pouco tempo foi iniciado um recenseamento de monumentos.

A Ordem do Templo possuía no Ocidente cerca de nove mil comendadorias.

As construções nas comendadorias formavam na maioria dos casos um quadrado, com a capela ao sul, refeitório a norte e pátio ao centro. Frequentemente uma comendadoria possuía edifícios rectangulares com uma torre de esquina pela qual se acedia aos andares superiores. Muitas vezes possuíam uma cave para guardar géneros alimentícios ou vinho.

3 Comments:

At 12:33 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Por genitleza, estou pesquisando sobr eumc avaleiro templário dee nome Guy de Lisien, d eorigem francesa. Todavia, não encontro nenhuma referência. Poderia ajudar-me?

hadra@olam.com.br

 
At 12:11 da tarde, Blogger Templar said...

Bom dia e obrigado pelo seu comentário.
Primeiro que tudo deve iniciar a sua pesquisa a partir de onde encontrou o nome.Não se esqueça que se o cavaleiro não tinha um impacto na Ordem subindo hierarquicamente mais dificil será a sua localização pois muitos milhares de cavaleiros permanecem anonimos.
Não tenho nenhuma informação relativa a este nome,tenha atenção se está bem soletrado muitas vezes basta uma letra para afastar a identidade(o "de" muitas vezes refere a local de nascimento).Tenha atenção a este ponto,posso tentar encontrar algumas obras criadas em frança que possam ter alguma informação.
Ps.Espero que não seja Guy de Lusignan pois seria um rei e não um templário que estaria á procura :)

 
At 11:09 da tarde, Blogger Nes said...

Alô o meu nome é Inês Graça, e visitei o seu blog, aquando de uma pesquisa sobre a Oedem dos Templários.

A realização desta pesquisa deve-se à ncessidade de recolha de informação sobre a ordem, pois sou escuteira e este ano irá realizar-se no Campo Monte Trigo em Idanha-a-Nova um acampamento com escuteiros de todo o país e com alguns participantes estrangeiros- o XXI ACANAC!
Como escuteiros temos o método de trabalho criado por Baden Powell, em que basicamente aprende-mos brincando, porvia de diversos jogos(definição generalizada). então o meu grupo (Pioneiros) estamos divididos em vários sub-campos, sendo um deles o campo dos Templários, que por sua vez está dividido novamente, nesta sub-divisão, percento à Comenda de Fernando Dias!
Como membro da Comenda Fernando Dias, temos necessidade de saber algo mais sobre este senhor, tarefa que se tem mostrado bastante dificil, devido à falta de informação ou informação desigual.
Pedia assim que me ajudá-se, fornecendo-me alguns dados sobre Fernando Dias
Ficaria muito grata!

Gostaria que me responde-se para nex_graca@hotmail.com
Sem mais nenhum assunto

Inês Graça
Agrupamento 697 Rossio ao Sul do Tejo
Templários-Comenda Fernando Dias-XXI ACANAC

 

Enviar um comentário

<< Home